Prêmio Escola Transformação

Sobre o Prêmio

O Prêmio Escola Transformação tem o objetivo de reconhecer publicamente as práticas e experiências exitosas das unidades escolares no processo de melhoria da qualidade do ensino.

É destinado às escolas que ofertam etapas de ensino regular - ensino fundamental, ensino fundamental em tempo integral, ensino médio propedêutico, ensino médio em tempo integral propedêutico e ensino médio em tempo integral profissional.

O prêmio é dividido em 3 edições, premiará até 900 escolas e destinará até 90 milhões de reais às unidades de ensino. Cada escola poderá receber de 100 mil a 600 mil reais por edição, a depender da etapa de ensino premiada.

Linha do Tempo

Linha do Tempo Links.pdf

Documentos citados na linha do tempo

Indicadores do Prêmio

O Prêmio Escola Transformação, em suas 3 edições, leva em consideração indicadores de elegibilidade e de classificação. Especialmente na primeira edição, são utilizados apenas os indicadores de elegibilidade para a seleção das escolas destaques, ordenadas conforme melhores médias dos indicadores de participação e acesso de professores.

Na segunda e terceira edição, as escolas são premiadas a partir do Inest que leva em consideração os indicadores de fluxo e desempenho dos estudantes. Podem participar da 2ª e 3ª edições apenas as escolas que atenderem aos requisitos mínimos de participação dos estudantes na avaliação de referência da premiação e na utilização pelos professores da plataforma online indicada pela SEE, no período de referência da premiação.

Cada um dos indicadores é detalhado a seguir.

Indicadores de Elegibilidade

Indicadores de elegibilidade são definidos como aqueles que tornam as escolas elegíveis ao Prêmio. Para todas as edições, serão utilizados 2 indicadores de elegibilidade. São eles:

  • Acesso de professores à plataforma disponibilizada pela secretaria

Utilização pelos professores da escola, da plataforma online indicada pela SEE, igual ou superior a 80% no período de referência. O índice de acesso pelos professores à plataforma é calculado pela média dos percentuais semanais de acesso à plataforma online indicada pela Secretaria pelos professores de cada unidade escolar, durante o período de referência. Basta que haja no mínimo um acesso semanal para que o docente seja contabilizado no percentual semanal.

  • Participação dos estudantes nas Avaliações de Aprendizagem ofertada pela SEE

Taxa de participação dos estudantes nas avaliações igual ou superior a 80% - língua portuguesa e matemática - e igual ou superior a 60% nas demais áreas de conhecimento.

Importante destacar que a cada edição, são levados em consideração períodos e avaliações distintas, a depender do período do ano letivo. Esses detalhamentos poderão ser consultados na próxima seção, que trata das bases de dados e datas de referência para cada uma das edições do Prêmio Escola Transformação.


Indicador de Premiação – Inest

Indicador de classificação é definido como aquele que será utilizado para classificar as escolas na premiação. Estes indicadores se farão presentes nas segunda e terceira edições do Prêmio. Eles foram nomeados como Inest, que significa “Índice Escola Transformação” e foram definidos como Inest-1, Inest-2 e Inest-3, conforme as avaliações. Aplicadas. Em outras palavras, Inest-1 levará em consideração os resultados da Avaliação Diagnóstica de 2021; Inest-2 levará em consideração os resultados da Primeira Avaliação Trimestral e, por fim; Inest-3 levará em consideração os resultados da Segunda Avaliação Trimestral. O Inest foi construído inspirado no IDEB. Neste sentido, para o cálculo do Inest são levados em consideração os indicadores de Fluxo e de Desempenho.

Indicador de fluxo escolar (F)

O indicador de fluxo se assemelha à aprovação do estudante, tendo como base o bimestre de referência da premiação. Para seu cálculo, utiliza-se a Carga Horária dos estudantes e a Nota Bimestral das componentes curriculares obrigatórias que geram reprovação. Neste cálculo são levadas em consideração todos os anos de escolaridade que compõem o nível de ensino (Anos Iniciais, Anos Finais ou Ensino Médio). Os detalhes relacionados à fórmula de cálculo e às matrículas consideradas podem ser consultados no ANEXO I das Resoluções SEE nº 4.524/2021 e SEE nº 4.574/2021.

Indicador de desempenho (D)

Esse indicador é obtido pela média padronizada da proficiência em língua portuguesa e matemática em determinada etapa avaliada. A padronização é realizada através da proficiência média dos estudantes calculada na mesma escala do Saeb. Os detalhes relacionados à fórmula de cálculo e às matrículas consideradas podem ser consultados no ANEXO I das Resoluções SEE nº 4.524/2021 e SEE nº 4.574/2021.

Informações importantes, Bases de Dados e Datas de Referência

Conforme indicado nas Resoluções SEE nº 4.524/2021 e 4.574/2021:

  • Para o cômputo dos estudantes na taxa de participação, serão considerados aqueles enturmados no Simade no último dia de aplicação da avaliação. Para estudantes presentes são levados em consideração os previstos na data de referência (que realizaram teste digital ou transcrito) e aqueles cadastrados como caderno extra na plataforma (não previstos na base de referência e tiveram os testes transcritos).

  • O estudante é considerado presente para uma área de conhecimento avaliada se preencher ao menos três respostas da avaliação.

  • O índice de acesso pelos professores à plataforma é calculado pela média dos percentuais semanais de acesso à plataforma online indicada pela Secretaria pelos professores de cada unidade escolar, durante o bimestre. Excepcionalmente, para a primeira premiação, o índice de acesso pelos professores à plataforma online indicada pela Secretaria corresponderá ao período de 1 (um) mês.

  • O percentual de acessos semanais contabiliza a partir de um acesso de cada professor durante a semana.

  • O prazo para a interposição de recursos à SEE contra os resultados da premiação é de 5 (cinco) dias úteis a contar da divulgação do resultado final, publicado no DOEMG.


1ª Edição:

  • 14/04/2021: Base de referência para alocação dos estudantes às turmas, com resultados da Avaliação Diagnóstica e definição de estudantes previstos para cálculo da participação.

  • 30/04/2021: Data limite para indicação dos estudantes que realizaram testes adaptados, no Sistema de Gestão Escolar - SGE.

  • 28/05/2021: Último dia de lançamento dos resultados dos estudantes que realizaram avaliação diagnóstica impressa. Essa é a data de referência para considerarmos todos os estudantes que estiveram presentes no teste de forma online ou impressa.

  • 01/06/2021 a 30/06/2021: Período de acompanhamento do acesso pelos professores à plataforma online indicada pela Secretaria. São considerados para o cálculo apenas os professores regentes de turma e regentes de aula de componente obrigatória que gera reprovação.

  • 31/05/2021: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no período de 01/06 a 30/06. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 18/06/2021: Envio da declaração de não acesso à internet pelas escolas.

  • 25/06/2021: Envio do consolidado das declarações válidas pela Regional.

  • 10/07/2021: Divulgação preliminar do 1º prêmio.

  • 12/07/2021 a 19/07/2021: Interposição de recurso do 1º prêmio pelas escolas.

  • 12/07/2021 a 26/07/2021: Análise prévia dos recursos do 1ª Edição do prêmio pelas Regionais (deferimento-indeferimento).

  • 27/07/2021 a 03/08/2021: Processamento dos recursos da 1ª Edição do Prêmio pelo órgão central e CAEd, responsáveis pelos cálculos dos indicadores, que poderão reverter a situação da solicitação. Isso significa que até o dia 30/07/21 os recursos deferidos pela SRE estão sujeitos à reavaliação e, por isso, o status no sistema de recursos poderá ser alterado.

  • 04/08/2021 a 06/08/2021: Recálculos necessários.

  • até 12/08/2021: Divulgação final da 1ª Edição do Prêmio.


2ª Edição:

  • 06/07: Base de referência para alocação dos estudantes às turmas, com resultados da Primeira Avaliação Trimestral e definição de estudantes previstos para cálculo da participação.

  • 10/05 a 16/07: Período de acompanhamento do acesso pelos professores à plataforma online indicada pela Secretaria. São considerados para o cálculo apenas os professores regentes de turma e regentes de aula de componente obrigatória que gera reprovação.

  • 30/04: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no mês de maio. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 31/05: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no mês de junho. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 30/06: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no mês de julho. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 1º bimestre: Período de referência para cálculo do indicador de fluxo do Inest-1 e Inest-2.

  • Agosto: Divulgação dos resultados da 2ª Edição do Prêmio.

  • Setembro: Divulgação dos resultados da 2ª Edição do Prêmio - pós recursos.


3ª Edição:

  • 17/09: Base de referência para alocação dos estudantes às turmas, com resultados da Primeira Avaliação Trimestral e definição de estudantes previstos para cálculo da participação.

  • 03/08 a 08/10: Período de acompanhamento do acesso pelos professores à plataforma online indicada pela Secretaria. São considerados para o cálculo apenas os professores regentes de turma e regentes de aula de componente obrigatória que gera reprovação.

  • 31/07: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no mês de agosto. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 30/08: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no mês de setembro. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 30/09: Base de referência de professores que terão os acessos acompanhados no mês de outubro. Aqueles considerados como pertencentes ao quadro de horários da escola associados às turmas, no Simade no último dia do mês anterior ao período de acompanhamento.

  • 1º bimestre: Período de referência para cálculo do indicador de fluxo do Inest-2.

  • 2º bimestre: Período de referência para cálculo do indicador de fluxo do Inest-3.

  • Outubro: Divulgação dos resultados da 3ª Edição do Prêmio.

  • Dezembro: Divulgação dos resultados da 3ª Edição do Prêmio - pós recursos.

Monitoramento dos Indicadores

Cada gestor de unidade escolar poderá acompanhar a taxa de participação da avaliação por meio do portal Simave (Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública) durante a aplicação dos testes.

No que se refere ao indicador de utilização pelos professores da escola, da plataforma online indicada pela SEE, cada unidade de ensino recebe semanalmente, via email, relatório atualizado do acesso semanal. Ademais, unidades que oferecem o Ensino Médio exclusivamente, também podem acessar o monitoramento a partir do Card de Monitoramento de Indicadores Processuais no Portal SIMAVE ou diretamente pelo SIGAE.

Prêmios

As premiações serão realizadas por etapa de ensino, assim, a escola pode concorrer a mais de uma premiação (conforme nível de ensino). Na 1ª edição as escolas premiadas serão prestigiadas com menção honrosa.

Já na 2ª, haverá a premiação com 100 mil reais por escola. E, na 3ª, o valor é de 200 mil reais por escola. Cada uma contará com até 300 prêmios destinados às unidades escolares:

1ª Edição: menção honrosa

    • 60 prêmios EFAI, 120 prêmios EFAF e 120 prêmios EM.

2ª Edição: 100 mil reais por escola

  • Categoria 1: Inest-2: 20 EFAI, 40 prêmios EFAF e 40 prêmios EM;

  • Categoria 2: Variação entre o Inest-1 e o Inest-2:40 prêmios EFAI, 80 prêmios EFAF e 80 prêmios EM.

3ª Edição: 200 mil reais por escola

  • Categoria 1: Inest-3: 20 EFAI, 40 prêmios EFAF e 40 prêmios EM;

  • Categoria 2: Variação entre o Inest-2 e o Inest-3: 40 prêmios EFAI, 80 prêmios EFAF e 80 prêmios EM.


É importante destacar que na 2ª e 3ª Edições uma mesma escola não poderá concorrer à premiação das duas categorias no mesmo nível de ensino.

Os valores financeiros recebidos pelas escolas premiadas deverão ser utilizados com a escolha de uma carteira de Projetos, disponibilizados pela SEE em um Portfólio de 24 itens a ser divulgado.

Interposição de Recursos

Após a divulgação preliminar dos resultados do prêmio, será aberto por 5 (cinco) dias úteis o período de interposição de recursos à SEE contra os resultados dos indicadores. As escolas que manifestarem interesse em interpor recursos deverão preencher o formulário eletrônico específico no Portal SIMAVE (https://avaliacaoemonitoramentosimave.caeddigital.net/#!/login).

Os tipos de recurso para 1ª Edição do Prêmio Escola Transformação poderão ser destinados à revisão dos seguintes indicadores de premiação e/ou elegibilidade:

(i) Taxa de participação na avaliação diagnóstica;

(ii) Índice de utilização das ferramentas Google, disponibilizadas pela SEE, pelos professores.

A solicitação de recursos deve observar apenas as motivações previstas no próprio formulário, podendo haver necessidade de anexar documentos comprobatórios.

As orientações detalhadas sobre o processo de interposição de recursos pelas unidades escolares estão no Guia de Recursos Escola.

Este vídeo também contém as orientações para navegação no Portal Simave para solicitação de recurso.

Respostas às Dúvidas Frequentes

Na minha escola há um docente que acessa as ferramentas Google com e-mail institucional assiduamente. Por que o nome dele não aparece na listagem do relatório de monitoramento?

No caso da primeira edição, no relatório de monitoramento constam apenas os docentes regentes de aula e de turma dos componentes obrigatórios da BNCC que geram reprovação (conforme consta na Resolução SEE Nº 4.574/2021) e que foram associados no SIMADE a alguma turma até o dia 31/05/2021. A lista dos componentes considerados pode ser consultada AQUI. Portanto, o nome do docente pode não aparecer no monitoramento pelos seguintes motivos:

  • o docente não é regente de turma ou de aula;

  • o docente é de alguma disciplina não obrigatória segundo a BNCC e que não gera reprovação;

  • o docente não estava associado a nenhuma turma até o dia 31/05/2021.

Na minha escola há um docente que acessa as ferramentas Google com e-mail institucional assiduamente. Por que o número de dias de acessos semanais dele aparece zerado?

O acesso é registrado pelo e-mail institucional do docente cadastrado no Simade e utilizado no Google Sala de Aula. Mesmo que ele tenha acessado, se for com outro e-mail, os acessos não serão contabilizados. Além disso, para ser contabilizado, o acesso precisa ter sido feito no período de referência (no caso da primeira edição do prêmio, de 01/06 a 30/06), entre segunda e sábado, exceto recesso e feriados.

Caso o docente seja regente de aula e de turma dos componentes obrigatórios da BNCC que geram reprovação e que foram associados no SIMADE a alguma turma até o dia 31/05/2021 (data de referência para acompanhamento do mês de junho) e, ainda assim não aparece no relatório, caberá ao gestor solicitar a inclusão desse docente, no cômputo dos acessos, interpondo recurso.

No relatório de monitoramento consta um docente que não está mais na escola em junho (por motivo de desligamento ou afastamento), como podemos fazer para retirá-lo do cômputo?

Durante o período de interposição de recursos da primeira edição (8 a 14 de julho), o gestor escolar poderá solicitar a exclusão desse docente. As orientações detalhadas sobre o processo de interposição de recursos serão encaminhadas em breve.

A escola tem um docente novo, contratado em junho, e seus acessos não estão sendo considerados. Como considerá-lo no cômputo?

Não há como considerar novos docentes no cômputo, além daqueles que já constam na data da base de referência. Desta forma, o docente que ingressar após a data de referência da base (31/05/2021), estipulada para o acompanhamento de junho, não aparecerá listado no acompanhamento de acessos e não será considerado no cálculo do indicador.

O docente, regente de turma ou de aula em componente obrigatório, está lecionando, mas não aparece na lista de docentes do relatório de monitoramento. Como incluí-lo?

Se o docente já estava lecionando até o dia 31/05, mas nesta data especificamente, não estava associado a nenhuma turma no SIMADE, por algum motivo, e o docente utiliza as ferramentas Google no período de referência do acompanhamento para o prêmio, o gestor escolar poderá solicitar a inclusão do docente no período de interposição de recursos. As orientações detalhadas sobre o processo de interposição de recursos serão encaminhadas em breve.

Há diferença na contabilização dos acessos pelo App Conexão Escola 2.0, Mobile, Tablet ou Computador?

Não. Independentemente do dispositivo utilizado para acesso às ferramentas Google, com o e-mail institucional, o acesso é registrado e computado.

Quais são as ferramentas Google cujos acessos estão sendo considerados nessa primeira edição do Prêmio?

Nesta primeira edição, conforme consta no Memorando-Circular nº 3/2021/SEE/DAAP, estão sendo considerados os acessos a todas as ferramentas Google tais como Google Sala de Aula, Gmail, Google Meet etc. Cabe ressaltar que é preciso estar logado por meio do e-mail institucional cadastrado no SIMADE para que o acesso seja contabilizado.

Qual será o mês considerado para a contabilização do acesso dos docentes às ferramentas Google para a 1ª edição do Prêmio?

Para a 1ª Premiação, serão considerados apenas os acessos do mês de junho (mais especificamente entre os dias 01/06 e 30/06). Adicionalmente, apenas os docentes associados a alguma turma, no SIMADE, até o dia 31/05/2021 terão seus acessos contabilizados, conforme consta no Memorando-Circular nº 3/2021/SEE/DAAP.

Em quais dias da semana o acesso dos docentes às ferramentas Google são contabilizados?

São considerados os acessos apenas nos dias letivos e sábados (pois há sábados letivos). Isso quer dizer que os acessos dos docentes às ferramentas Google em feriados, recessos ou domingos, não serão contabilizados no cálculo de acessos.

Lista de Escolas Premiadas

  • 1ª Edição


Divulgação Inicial

Disponibilização da lista de escolas premiadas prevista para Julho/2021.

    • Lista


Divulgação Final

Disponibilização da lista de escolas premiadas, pós recursos, prevista para 06/08/2021.


  • 2ª Edição


Divulgação Inicial

Disponibilização da lista de escolas premiadas prevista para Agosto.


Divulgação Final

Disponibilização da lista de escolas premiadas, pós recursos, prevista para Setembro.


  • 3ª Edição


Divulgação Inicial

Disponibilização da lista de escolas premiadas prevista para Outubro.


Divulgação Final

Disponibilização da lista de escolas premiadas, pós recursos, prevista para Dezembro.